Ser cliente Santander é simples

e traz vantagens.



COVID 19 – COBERTURAS SEGUROS DE VIDA SANTANDER TOTTA SEGUROS

Pela prevenção e segurança de todos

O Santander está comprometido a superar o surto de coronavírus (COVID-19). Garantir a segurança dos nossos Clientes e Colaboradores é a nossa missão.
Nesse sentido, a Santander Totta Seguros alargou as suas coberturas ao Covid-19, estando por isso incluídos sinistros por morte ou invalidez devido à Covid-19 nos nossos seguros.
remos ainda, no seguimento do que se encontra definido no Decreto-Lei n.º20-F/2020 de 12 de Maio, que estabelece um regime excecional e temporário relativo aos contratos de seguro, prorrogar automaticamente o seu seguro, por um período de 60 dias a contar da data do vencimento do prémio ou da fração devida, em caso de falta de pagamento do prémio ou fração na data do respectivo vencimento. Caso não pretenda esta prorrogação automática, pode opor-se à manutenção da cobertura até à data do vencimento, bastando para tal que nos comunique tal vontade para faleconnosco-STS@santander.pt ou seguros.qualidade@santander.pt .
Este regime de prorrogação automática ficará em vigor até 30 de setembro de 2021 (conforme o Decreto-Lei n.º 22-A/2021 da Presidência do Conselho de Ministros, o qual procede à segunda alteração ao Decreto-Lei n.º 20-F/2020, de 12 de maio e prorroga prazos e estabelece medidas excecionais e temporárias no âmbito da pandemia da doença COVID-19).
Uma vez que temos a Companhia quase integralmente em regime de teletrabalho para protecção dos nossos colaboradores, solicitamos que em particular nesta altura privilegie o email no seu contacto connosco.

Consulte ainda o nosso Plano de Continuidade de Negócio
Informações Relevantes - Leia aqui

Juntos, conseguiremos superar este momento. Muito obrigada pela continuação da sua preferência.

Santander Totta Seguros,
A sua Companhia de Seguros.


Nota Importante – PPR

De acordo com o artigo 362º da Lei do Orçamento de Estado para 2021 (Lei n.º 75-B/2020 de 31 de dezembro), as soluções de reforma de planos de poupança (PPR, PPE e PPR/E) subscritas até 31 de março de 2020, podem ser resgatadas sem penalização (nos termos do n.º 4 do artigo 21º do Estatuto dos Benefícios Fiscais) pelo seu titular, até 30 de setembro de 2021, desde que um dos membros do seu agregado familiar:

  • a) Esteja em situação de isolamento profilático ou de doença, ou preste assistência a filhos ou a netos;
  • b) Tenha sido colocado em redução do período normal de trabalho ou em suspensão do contrato de trabalho, em virtude de crise empresarial:
  • c) Esteja em situação de desemprego registado no IEFP;
  • d) Seja elegível para o apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores;
  • e) Seja elegível para o apoio extraordinário à redução da atividade económica de trabalhador independente;
  • f) Seja trabalhador em situação de desproteção económica e social, e preencha os pressupostos para beneficiar do apoio extraordinário previsto na Lei do Orçamento de Estado para 2021;
  • g) Apresente uma quebra do rendimento relevante médio mensal superior a 40% do período de março a dezembro de 2020 face ao rendimento relevante médio mensal de 2019 e, cumulativamente, entre a última declaração trimestral disponível à data do requerimento do apoio e o rendimento relevante médio mensal de 2019; ou
  • h) Seja arrendatário num contrato de arrendamento de prédio urbano para habitação própria e permanente em vigor a 31 de março de 2020, esteja a beneficiar do regime de diferimento do pagamento de rendas e necessite desse valor para regularização das rendas alvo de moratória.

O valor a ser reembolsado (valor da unidade de participação à data do pedido de resgate) pode ir até ao limite mensal do valor do Indexante de Apoios Sociais ou no caso da alínea h), até 1,5 vezes aquele limite.

Sobre nós

No Santander encontra soluções diversificadas e adequadas para si: descubra-as e fale connosco hoje mesmo.
A Santander Totta Seguros, seguradora do Ramo Vida, comercializa os seus produtos aos balcões do Mediador Banco Santander Totta.